Núcleo de Iniciação Científica – NIC

Das possíveis acepções para a palavra pesquisa, no UniSantaCruz ela se traduz como iniciação científica (IC). Pode ser entendida sob duas óticas no ensino superior. Na primeira, é um processo que abrange as experiências vivenciadas por estudantes durante a graduação, com o objetivo de promover o seu envolvimento com a pesquisa e, consequentemente, sua formação científica, incluindo programas de monitoria, grupos de estudo específicos, desenvolvimento de estudos sobre a metodologia científica, visitas programadas a institutos de pesquisa e/ou a setores de pesquisa e inovação de indústrias etc. Essas, geralmente, são trabalhadas em forma de disciplinas na maioria dos cursos superiores. Na segunda, a IC é definida como o desenvolvimento de um projeto de pesquisa elaborado e desenvolvido sob a orientação de docente do Centro Universitário.

Nessa perspectiva, em 2018, foi criado o Núcleo de Iniciação Científica (NIC), integrante das Faculdades Integradas Santa Cruz de Curitiba (antes mesmo da instituição tornar-se Centro Universitário Santa Cruz de Curitiba). Assim, estudantes e professores estariam envolvidos na construção e desenvolvimento de projetos científicos a partir de modelo definido institucionalmente e aberto a toda a comunidade acadêmica.

O NIC tem como princípios facilitar os contatos iniciais dos alunos e orientadores para que possam desenvolver atividades de criação, discussão e organização do saber científico de maneira sistemática.

O objetivo desse núcleo é despertar e direcionar vocações investigativas, ao inserir os docentes e acadêmicos no processo científico de análise, teste, desenvolvimento de produtos e métodos, levantamento de hipóteses, dentre outros

A pesquisa ou iniciação científica praticada na instituição, até agora, leva em consideração a formação de profissionais com autonomia na construção de seus conhecimentos e, através da proposta de IC, aptos a desenvolverem competências necessárias para pesquisar, sistematizar e construir novos conhecimentos.

O foco da atividade, desde a sua sistematização, por meio do NIC, é a abertura de oportunidades para docentes e alunos de graduação e pós-graduação participarem da pesquisa, por meio da IC.

Publicações do NIC

Desde 2019, já ocorreram publicações em revistas científicas e apresentação dos trabalhos em congressos relacionados à área de atuação, e apresentamos a seguir:

 O projeto intitulado: Rastreamento de fatores de risco de doenças crônicas em funcionários de uma instituição de ensino superior de Curitiba-PR, coordenado pelos professores Beatriz Essenfelder Borges, Giovanna Carstens Castellano e Rodrigo Otávio de Faria, foi apresentado na I Jornada Multiprofissional da Saúde realizado nas Faculdades Santa Cruz nos dias 13, 14 e 15 de maio de 2019.

Em 2020, os projetos tiveram algumas alterações devido a pandemia do Covid-19, no entanto o projeto intitulado: Desenvolvimento de uma plataforma digital de síndromes genéticas ara o uso de profissionais de enfermagem nos serviços de saúde, coordenado pela professora Ingrid Solange Evans Osses, foi apresentado no XV Congresso de Iniciação Científica da Uniara, 2020.

Em 2021 os trabalhos que foram encerrados ou alterados devido a pandemia do Covid-19, foram sendo publicados em revistas científicas ou em formato de capítulo de livro. Dessa maneira, o projeto intitulado: Elaboração, validação e avaliação do efeito de tecnologia educacional para o ensino sobre segurança do paciente cirúrgico, orientado pelos professores Josemar Batista, Larissa Marcondes e Bruna Lenhani, publicou uma revisão integrativa na revista Research, Society and Development, 2021, ISSN 2525-3409.

O projeto orientado pelos professores Beatriz Essenfelder Borges, Giovanna Carstens Castellano e Rodrigo Otávio de Faria, publicou no livro Epidemiologia e políticas públicas de saúde, um capítulo intitulado: Perfil epidemiológico de óbitos decorrentes de doença renal crônica na região Sul do Brasil, 2021, ISBN 978-65-86700-53-4.

A professora Catia Terezinha Heimbecher orientou sou grupo de pesquisa para a publicação do artigo científico na Revista de Saúde do UniSantaCruz, intitulado: Diagnóstico de Enfermagem encontrados em paciente renal crônico submetidos a terapia de hemodiálise, 2021.

E o grupo da professora Gissele Chapanski, apresentou o trabalho intitulado: Sociolinguística Variacionista em sala de aula: uma análise dos livros didáticos no Congresso Internacional da Abralin – 2021.

E finalizando, o professor Josemar Batista publicou com sua aluna de iniciação científica o artigo Caracterização dos óbitos notificados decorrentes de complicações dos cuidados médicos e cirúrgicos, 2021, na revista de Enfermagem da Universidade de Santa Maria – REUFSM, ISSN 2179-7692.

Assim, desde 2019 temos 1 apresentação em Jornada científica, 1 Congresso Nacional e um Congresso Internacional, todos como apresentação de trabalho, além de 3 publicações em revistas científicas e 1 capítulo de livro.

Evento de Pesquisa e iniciação científica (EPIC)

Também é importante destacar a realização do Evento de Pesquisa e iniciação científica (EPIC), que fará a sua 4ª edição em 2022. O evento é realizado sempre no segundo semestre de cada ano e tem como finalidade abrir espaço para que os projetos de iniciação científica do UniSantaCruz sejam apresentados. Assim, podemos observar o andamento de cada projeto e os estudantes podem expor e divulgar seus trabalhos para a comunidade científica e acadêmica.

O 10 EPIC (2019), foi realizado nas instalações da instituição e os alunos apresentaram seus trabalhos em forma de banner, já 2020 e 2021, 20 e 30 EPIC respectivamente, foram realizados de forma online, devido a pandemia do Covid-19. No segundo EPIC foi utilizado a plataforma Google meet, já no terceiro utilizamos transmissão pelo canal da instituição do Youtube e até o momento, esse evento de Iniciação científica já contou com a participação de mais de 500 pessoas, sendo estudantes, professores e comunidade externa.

Para contemplar a diversidade universitária e acadêmica, as atividades do NIC contemplarão todos os níveis de ensino e áreas de conhecimento, respeitadas as normas estabelecidas para sua proposição, desenvolvimento e avaliação.

As atividades do NIC, embora associadas na estrutura do tripé Ensino, Pesquisa e Extensão, que caracteriza as atividades produtoras de conhecimento sob o espírito universitário, distinguem-se das atividades de ensino. São de natureza extracurricular e devem contribuir para o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento crítico-investigativo.

Coordenadora do NIC:

Prof.ª Dra. Beatriz Essenfelder Borges

Documentos:

– Áreas de Conhecimento da CAPES

– Áreas de Conhecimento CNPq

Modelo

UniSantaCruz, um novo mundo ao seu alcance.